Hardcore do Terceiro Mundo

Por falar em Bem Vindo ao Clube…

Zero e Um é o 4º disco de estúdio da banda capixaba de hardcore Dead Fish. Com uma formação apresentando dois novos guitarristas (Hóspede, vindo do Aditive e Phillipe, vindo do Reffer), Dead Fish lançou um disco com guitarras mais bem trabalhadas, usando na medida certa acordes oitavados, riffs duetados e muita distorção, fato que deu à banda um som consideravelmente diferente do que era feito anteriormente. Características ainda presentes são a bateria ágil de Nô, a pegada do baixo de Alyand e as letras engajadas de Rodrigo, que desta vez atacou o imperialismo moderno, além do ritmo de vida do século XXI, em busca de dinheiro e tecnologia.

Lançado pela Deckdisc, os músicos tiveram uma estrutura melhor de gravação e divulgação do trabalho, com a mixagem sendo feita nos EUA por Ryan Greene, responsável por albuns de bandas como NOFX , Bad Religion, Strung Out e várias outras de renome mundial . Isto deu à banda uma exposição maior na mídia e shows em festivais brasileiros de grande porte, até então não muito frequentes na carreira de mais de 15 anos.

Hoje Dead Fish prepara seu 6º CD de estúdio, sem a presença de Hóspede que retornou ao Aditive. Vamos esperar para ver qual vai ser a cara do novo som do Hardcore do Terceiro Mundo, como eles mesmos dizem.

Este está no meu top 10 brasileiro! Abs!

Edgard Guedes

Uma resposta to “Hardcore do Terceiro Mundo”

  1. mumuboemio Says:

    Boa Digar! Eu ja pensava em postar sobre hc…foi muito bem escolhido o cd! Esse é disparado, na minha opinião, o melhor cd do DF. Abraços


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: